Depoimentos

FIZ O CONCURSO, ACERTEI 17 DAS 20 QUESTÕES QUE COMPUNHAM A PROVA DE PORTUGUÊS E FUI PRESENTEADO COM O 1º LUGAR,  NO PRIMEIRO CONCURSO QUE EU FIZ NA VIDA. (Paulo - Areado-MG)

Clique para seguir, comentar e compartilhar.

 

 

Concordância

Mandaram-nos a seguinte dúvida:

Eu estava lendo uma frase “Foi destas necessidades e experiências que nasceu o desejo...” e surgiu a discussão entre mim e uma colega sobre o verbo em destaque. Está correto ou seria Foram já que fica claro que são dois motivos?

Nessa frase temos um caso de concordância com a expressão de realce é que. Veja a explicação a seguir (isso está em nossa obra Curso Prático de Gramática, p.272).

Concordância com a expressão de realce é que

Na linguagem do dia a dia, é comum enfatizar um termo da oração com a expressão denotativa de real é que (ou suas variações).

Paulo é que propôs um acordo para acabar com o problema.

No exemplo, a expressão é que não exerce função sintática alguma, foi somente empregada para dar realce ao sujeito Paulo, tanto que pode ser eliminada da frase sem prejuízo algum ao sentido:

Paulo propôs um acordo para acabar com o problema.

Mesmo se tratando de uma expressão de realce, o emprego de é que deve obedecer às regras de concordância. Acompanhe a seguir como se processa a concordância do verbo ser dessa expressão.

1. Quando a expressão é que enfatiza o sujeito ou o objeto direto, o verbo ser deve concordar com esses termos:

São esses alunos que resolveram aqueles exercícios na última semana. (O termo enfatizado é o sujeito esses alunos.)

São aqueles exercícios que os alunos resolveram na última semana. (O termo enfatizado é o objeto direto aqueles exercícios.)

2.Quando a expressão é que enfatiza qualquer outra função sintática, o verbo ser deverá ficar invariável:

É em momentos difíceis que se conhecem os verdadeiros amigos.

(A expressão é que enfatiza o adjunto adverbial em momentos difíceis.)

É de jogadores talentosos que o time precisa para ser campeão. (A expressão é que enfatiza o objeto indireto de jogadores talentosos.)

3. Quando empregamos a expressão é que, normalmente não utilizamos a vírgula que separa a circunstância colocada no início da frase:

Com muito trabalho, conseguiremos bons resultados.

É com muito trabalho que conseguiremos bons resultados.

4. A expressão é que pode aparecer não só no plural  (são que), mas também  em vários tempos, de acordo com outro(s) verbo(s) da frase:

Era naquele lugar que ele passava as férias de verão.

Será em Berlim que se realizarão os Jogos Olímpicos.

Na frase enviada, foi que é expressão expletiva (ou de realce). Veja que podemos tirá-la da frase: 

Destas necessidades e experiências nasceu o desejo.

Ou na ordem direta: 

O desejo nasceu destas necessidades e experiências.

A função sintática de destas necessidades e experiências é adjunto adverbial (o verbo nascer é intransitivo).

A expressão foi que enfatiza uma função sintática que não é nem sujeito, nem objeto direto, portanto fica invariável.

A frase está, portanto, correta.

 

Mais de Ernani Terra
Parceiros

Copyright © Ernani Terra / Criação de Sites: Brasil na Web