Literatura

Literatura e Memórias

4 minutos No artigo, a partir de um trecho de Baú de ossos, de Pedro Nava (1903 – 1984), apresento algumas reflexões sobre o gênero literário memórias. Antes, porém, peço que leiam o trecho do memorialista mineiro que segue, em que ele fala da batida, uma espécie de rapadura do Ceará, que era feita por sua avó. “Se a batida do Ceará é uma rapadura diferente, a batida de minha avó Nanoca é para mim coisa à parte e funciona no meu sistema de Continue lendo

Julieta, de Pedro Almodóvar e Alice Munro

3 minutos Está na Netflix, no momento em que escrevo este artigo, o filme Julieta, uma produção espanhola do aclamado diretor Pedro Almodóvar, com ótimo desempenho de duas belíssimas atrizes no papel principal: Adriana Ugarte (Julieta mais jovem) e Emma Suárez (Julieta mais velha). O roteiro tem por base três contos do livro Fugitiva, da canadense prêmio Nobel de literatura Alice Munro, Ocasião, Daqui a pouco e Silêncio. O filme costura dois momentos da vida protagonista. O recurso para unir os dois tempos é Continue lendo

O estupro de Lucrécia

2 minutos The Rape of Lucrece, de William Shakespeare, é um poema narrativo que, em português se traduz por O estupro de Lucrécia. Alguns preferem traduzir por O rapto de Lucrécia, tradução a meu ver inadequada, pois não houve o que em português costumamos chamar de rapto, mas sim um estupro. Embora o poema tenha sido publicado em 1594, é atualíssimo e merece ser lido e discutido. A história é inspirada na lenda da fundação de Roma e nas Metamorfoses, de Ovídio, uma obra do Continue lendo

Federico García Lorca

2 minutos No artigo, falo sobre o que há de verdade a respeito do fuzilamento do poeta e dramaturgo espanhol Federico García Lorca, em 1936, já que na internet há um oceano de textos e fotos que não têm o menor vínculo com a verdade dos fatos. Algumas dessas histórias fantasiosas que correm pela internet sobre o assassinato de Federico García Lorca pelos fascistas espanhóis narram que o poeta foi fuzilado lendo um livro; outras, que foi fuzilado de costas para os assassinos porque Continue lendo

O curioso caso de Benjamin Button

1 minuto Comento o conto O curioso caso de Benjamin Button, do F. Scott Fitzgerald (1896 – 1940). Esse conto, inclusive, me rendeu bons papos na segunda com um dos médicos que cuidam da minha saúde. O papo estava tão bom que se estendeu além da própria consulta. Eu, comentando o conto do ponto de vista literário e discursivo; ele, do ponto de vista da medicina. Digo de cara que, se você assistiu ao filme e não leu o conto, perdeu seu tempo. Se Continue lendo