Passo do Norte, Juan Rulfo

Tempo de leitura: 2 minutos

Volto ao escritor mexicano Juan Rulfo. Desta vez para falar do conto “Passo do Norte”, que está no mesmo livro do conto “É que somos muito pobres”, que já comentei e para o qual remeto o leitor, clicando aqui. O livro é Chão de chamas, publicado pela BestBolso, com tradução de Eric Nepomuceno.

O conto começa com um diálogo em que o filho diz ao pai que vai abandonar o local em que vive porque não consegue mais dar de comer à família, formada pela mulher e os três filhos. Vai sozinho tentar ganhar a vida e pede ao pai que acolha sua família e a alimente.

O pai, já velho, faz ver ao filho que ele o tinha abandonado para se casar, deixando-o só, já que a outra filha tinha morrido. O filho justifica o abandono do lar dizendo que o pai nunca gostara da nora. Diz ainda ao filho que ele deveria aprender a ganhar a vida sozinho e, já que casara, tinha de ganhar o sustento de sua família e insiste em que os filhos abandonam os pais e só voltam a eles mais tarde quando estão necessitados.

O pai admite então cuidar da nora e dos netos, dizendo que não vai deixar ninguém morrer de fome. O filho parte na ilusão de encontrar uma vida melhor cruzando a fronteira e promete reembolsar o pai das despesas que tiver para cuidar de sua família quando retornar.

O filho não consegue atravessar a fronteira para os Estados Unidos e ainda é ferido a bala e tem um companheiro morto. Volta ferido sem nada para seu vilarejo e vai à casa do pai para saber de sua família.

Lá encontra os filhos, mas não a mulher, que abandonara o lugar. O pai vendera a casa do filho para custear as despesas de que teve para sustentar a mulher e as crianças e diz ao filho que este ainda lhe deve 30 pesos relativos ao valor que gastou com a escritura.

O filho diz ao que vai arrumar emprego e pagar as despesas e se despede do pai, que lhe pergunta para onde vai. O filho responde: “Pois por aí, pai, por aí por onde o senhor disse que ela [a mulher] se foi.


Nosso livro Um conto por dia está à venda exclusivamente na Amazon. Nele, discorremos sobre 50 contos de autores, temas e épocas diversas. Para adquiri-lo clique no link abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *