Notícias

Editora 34 lança nova edição de Água Funda, de Ruth Guimarães

menos de 1 minuto A Editora 34 lança agora em junho uma nova edição do livro Água Funda, de Ruth Guimarães (1920 – 2014), primeira escritora negra a fazer sucesso no Brasil. Nascida em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo, veio para a Capital com 18 anos. Formou-se em filosofia pela USP e dedicou-se ao jornalismo, publicando crônicas na Folha de S. Paulo e em O Estado de S. Paulo. Água Funda foi lançado em 1946, mesmo ano em que Guimarães Rosa publica Sagarana. Continue lendo

Morreu Edla van Steen

menos de 1 minuto É com profunda tristeza que recebo a notícia de que a escritora Edla van Steen morreu ontem em São Paulo, aos 82 anos, em decorrência de um infarto. Edla, que também era dramaturga e atriz, era viúva do crítico teatral Sábato Magaldi e exerceu um importante papel na divulgação da literatura brasileira no exterior. Seu conto Intimidade consta do livro Os cem melhores contos brasileiros do século, organizado por Italo Moriconi. Escrevi, neste blogue, um post sobre esse conto, para Continue lendo

Casa de Bonecas

menos de 1 minuto Uma notícia a ser comemorada. A peça Casa de Bonecas, de Henrik Ibsen, será lançada pela Editora Moinhos, traduzida diretamente do norueguês por Leonardo Pinto Silva. Não bastasse, em maio estreia nova montagem da peça, desta vez com direção de Camila Bauer. A conferir.

Obrigado a todos

menos de 1 minuto Comecei este blogue em 20 de dezembro e tenho procurado mantê-lo ativo postando com relativa frequência: já foram 17 posts. Agradeço a todos que dedicaram um tempinho para ler o que escrevo. Fico feliz.  O blogue não completou um mês e hoje chegou ao visitante número 1000. Isso que me dá um incentivo enorme para continuar publicando, ao mesmo tempo em que aumenta minha responsabilidade de postar coisas relevantes. A todos vocês, o meu muito obrigado.

Sylvia Plath

Sylvia Plath

menos de 1 minuto Depois de muito tempo fora de catálogo, chega às livrarias a 2a. edição de Os diários de Sylvia Plath, num volume de 824 páginas, publicado pela Editora Biblioteca Azul, com tradução de Celso Nogueira. Acesse pelo link http://folha.com/no1947038 entrevista que Karen V. Kukil, curadora das coleções especiais de Smith College, concedeu ao jornal Folha de São Paulo.