Língua

Nomes derivados de nomes próprios

3 minutos Entre os processos de formação de palavras em português, o mais comum é a derivação que consiste fundamentalmente no acréscimo de um afixo a uma palavra primitiva. O afixo colocado antes do radical, o elemento base da palavra, chama-se prefixo; o colocado após chama-se sufixo. Dessa forma há dois processos básicos de derivação: a prefixal (por acréscimo de prefixo) e a sufixal (por acréscimo de sufixo). Como exemplos de derivação prefixal, podemos citar as palavras infeliz (in + feliz) e desleal (des Continue lendo

Aluga-se casas ou alugam-se casas?

4 minutos Quando se trata de gramática normativa, caminha-se por terreno pantanoso para dizer o mínimo. É comum consultar-se uma gramática normativa em que o autor afirma que no caso X o verbo se flexiona. Outro autor, referindo ao mesmo caso, afirma peremptoriamente que de maneira alguma o verbo deve ser flexionado, devendo permanecer na terceira do singular. Em quem se basear? Caso prototípico é aquele em que há um verbo transitivo direto acompanhado do pronome SE, em construções do tipo Aluga-se casas ou Continue lendo

Interjeições

3 minutos Interjeições são palavras que usamos no ato comunicativo para exprimir sentimentos, emoções e reações. É evidente que podemos expressar nossos sentimentos, emoções e reações falando deles, dizendo por exemplo: essa pancada me fez sentir dor em vez de Ai!, ou Fiquei surpreso com isso em vez de Nossa! ou Puxa! A diferença é que as interjeições o fazem de forma global e o sentido delas estará atrelado à entoação. Além disso, não é a mesma coisa usar a linguagem para falar sobre o Continue lendo

O conceito de frase

9 minutos No artigo, discorro sobre o conceito de frase e estabeleço a distinção entre frase, oração e período. Lembrando sempre que as formas e estruturas gramaticais existem para produzir sentidos, de sorte que todo estudo de gramática deve ter sempre por objetivo a produção de sentidos. Frase A palavra frase chegou até nós pelo latim, phrasis, cujo sentido é “dicção”, “elocução”. Mas sua origem remonta ao grego, phrásis, que designa a ação de se exprimir pela palavra. A palavra grega prende-se ao verbo Continue lendo