A vida invisível de Eurídice Gusmão

2 minutos A notícia de que o filme A vida invisível de Eurídice Gusmão, dirigido por Karim Aïnouz, venceu este ano a mostra “Um certo olhar”, competição paralela ao Festival de Cannes, me fez lembrar o livro de Martha Batalha, no qual o filme se baseia. Enquanto o filme não chega por aqui, sugiro que leiam o livro. A vida invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha, Companhia das Letras, 2016, 188 p., é uma das melhores coisas que se publicaram no Brasil nos Continue lendo

O tradutor cleptomaníaco

2 minutos No artigo, falo do conto “O tradutor cleptomaníaco”, de Dezsö Kosztolányi, publicado no Brasil pela Editora 34 no livro O tradutor cleptomaníaco e outras histórias de Kornél Esti, com tradução de Ladislao Szabo. Os treze contos do livro se amarram em torno do personagem Kornél Esti que, em alguns contos, é também narrador e são marcados por um humor ácido. “O tradutor cleptomaníaco” narra a história de Gallus, pessoa culta, talentosa que dominava com perfeição várias línguas, mas que tinha um defeito: Continue lendo

Reflexões sobre a noção de texto II

8 minutos Em post anterior, comecei a apresentar algumas reflexões sobre a noção de texto. Falei que a leitura é um processo de construção de sentido em que autor e leitor interagem por meio do texto e esquematizei esse processo por meio de um triângulo. Naquele post, tratei especificamente do autor. Neste, discorro sobre o leitor e sobre a noção de texto. O leitor dialoga com o autor por meio do texto para o qual constrói um sentido. Uma corrente, surgida na Universidade de Continue lendo

Reflexões sobre a noção de texto I

5 minutos O assunto deste artigo e do próximo são algumas reflexões sobre a noção de texto. Pretendo mostrar que, no processo de leitura, autor e leitor interagem por meio do texto. Assim, para efeitos didáticos, ilustrarei o processo de leitura como processo interativo por meio de um triângulo. Neste post, tratarei do autor; no seguinte, do leitor e do texto. Não nos comunicamos por frases isoladas, mas por textos. A noção de texto ganha, portanto, um caráter relevante nos estudos da linguagem, pois Continue lendo

O mundo da escrita

2 minutos A Companhia da Letras lançou recentemente o livro O mundo da escrita: como a literatura transformou a civilização (The Written World: The Power of Stories to Shape People, History, Civilization), de Martin Puchner. A tradução para o português é de Pedro Maia Soares, 456 páginas. O livro de Puchner, que é professor de Literatura comparada em Harvard, é bastante diferente de outros já publicados sobre o assunto. Puchner associa escrita e literatura a lugares. Seu livro é como o relato da expedição de Continue lendo